Dosimetria

Solicite seu orçamento e efetue sua compra online agora mesmo  Orçamento e Compra online


dosimetria.jpg
O que é dosimetria pessoal?

Dosimetria pessoal é o processo de monitoração individual externa de dose absorvida durante a jornada de trabalho por indivíduos ocupacionalmente expostos à radiação ionizante.

Como é feita a monitoração?

Através do cadastro da instituição e respectivos usuários no sistema de cadastramento da Sapra Landauer é efetuado posteriormente o registro da instituição junto a CNEN (Comissão Nacional de Energia Nuclear). A partir de então, a Sapra Landauer passa a prestar os serviços de monitoração individual externa para a instituição, fornecendo mensalmente os monitores para os respectivos usuários, juntamente com o monitor padrão. No início dos serviços é enviado o manual de instruções de uso dos monitores.

O monitor individual é pessoal e intransferível, devendo ser utilizado, apenas durante e no local da jornada de trabalho pelo indivíduo cadastrado, sempre na lapela e sobre o avental, quando do seu uso. O monitor deve ser mantido longe de qualquer fonte de radiação quando não utilizado. Não deve ficar exposto nem ao sol e nem a umidade, devendo ser guardado junto ao monitor padrão.

Jamais deve ser utilizado outro monitor em substituição, no caso de perda ou extravio, sem o conhecimento do responsável. Quando for necessária a sua substituição extraordinária o responsável deve comunicar a Sapra Landauer para que seja fornecido outro monitor de substituição contendo as especificações do individuo cadastrado.

A Sapra Landauer envia mensalmente nova remessa de monitores juntamente com o novo padrão e o relatório mensal de doses do período anterior, antes do final do período de uso, constantes da Relação de Monitores Enviados, para que o responsável efetue a troca no final do período de uso. Após a troca os monitores devem ser enviados juntamente com o monitor padrão e a Relação de Monitores Devolvidos, para que sejam efetuadas a leitura de doses, a emissão do Relatório de Doses Mensal e a atualização do cadastro de doses acumuladas.

A Sapra Landauer fornece o Relatório de Doses Mensal e Relatório de Doses Anual acumulada para os usuário monitorados, por instituição, sendo que os limites de dose recebida pelo indivíduo devem estar de acordo com as normas vigentes de monitoração individual externa estabelecida pela CNEN (Comissão Nacional de Energia Nuclear). Em caso de ultrapassar os limites o responsável na instituição será comunicado formalmente pela Sapra Landauer, com recomendações adequadas para as devidas providências.

O que fazer em caso de doses elevadas

No caso de recebimento de relatório de doses constando doses acima dos limites estabelecidos o responsável deverá proceder como a seguir descrito.

1) Para doses mensais entre 4,0 mSv e 50,0 mSv realizar uma investigação interna junto ao usuário que excedeu a dose e proceder com os exames laboratoriais. Arquivar o relatório da investigação juntamente com o relatório mensal de doses para possível inspeção da CNEN.

2) Para doses mensais entre 50 mSv e 100 mSv realizar uma investigação interna junto ao usuário que excedeu a dose, proceder com os exames laboratoriais e enviar o relatório da investigação interna, juntamente com o relatório mensal de doses, para a Coordenação Geral do Grupo de Análise de Doses Elevadas (GADE/CNEN).

3) Para doses superiores a 100mSv entrar em contato imediatamente com a Coordenação Geral do Grupo de Análise de Doses Elevadas (GADE/CNEN) para instruções de como proceder nesta situação e na análise da dose elevada recebida pelo usuário.

Recomendações Gerais para a Proteção Radiológica

1) Durante a Jornada de Trabalho, utilizar o monitor individual.

2) Manter as portas fechadas durante os exames.

3) Sempre que possível utilizar proteção para os pacientes.

4) Evitar pessoas desnecessárias dentro da sala de exames.

5) Qualquer alteração na imagem avisar a manutenção pois:
Se aumentar a corrente, aumenta a exposição e diminui a vida útil do tubo,
Se aumentar a voltagem, diminui o efeito da blindagem e a vida útil do tubo.

6) Manter filmes à temperatura e umidade controladas para evitar manchas e garantir a validade.

7) O operador deve:
Aumentar a distância entre o técnico e a fonte,
Minimizar o tempo de exposição,
Utilizar o avental e permanecer atrás do biombo ou cabine durante os exames.

8) Em caso de dúvida, suspeita ou gravidez confirmada comunique o responsável na instituição.